sábado, 29 de outubro de 2011

Receita de Asinha Crocante Especial

Receita de Asinha Crocante Especial

muito bom!

Essa asinha de frango crocante tem um toque inglês especial... ela vem de casaco!
Um casaco de bacon com queijo derretido!

Ingredientes

- 7 asinhas de frango (completas com a coxinha da asa)
- 7 fatias grossas de bacon (toucinho)
- 7 fatias de queijo (eu gosto de usar emental ou cheddar)
- aprox. 1/2 xícara de farinha
- 1 colh. (chá) de salsinha desidratada
- 1/2 colh. (chá) de pimenta vermelha seca moída
- 1 colh. (sopa) de páprica doce em pó
- 1/2 colh. (sopa) de alho em pó ou 3 dentes de alho picados
- 2 colh. (sopa) de óleo ou azeite
- sal a gosto

Preparo

Tempere as asinhas de frango com a salsinha + pimenta + páprica + alho + sal.
Coloque o óleo e misture bem pra ficar besuntado.
Vá colocando a farinha por cima e deixe ela grudar bem por todas as asinhas.
É bom não deixar elameado... coloque farinha pra ficar sequinho.
Coloque as asinhas lado a lado em uma forma retangular.
Por cima de casa asinha coloque 1 fatia boa de bacon.
Por cima de cada fatia de bacon, coloque 1 fatia boa de queijo.
PS: coloque o queijo bem em cima, senão ele pode escorrer todo quando derreter.
Asse em forno a 180C por ~25min ou até que a asinha esteja cozida e o queijo fque dourado.
Pronto!

PS2: fica muito bom acompanhado de purê de batatas ou arroz branco! ;-)

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Receita de Bolo de Nozes Real

Receita de Bolo de Nozes Real

muito bom!

Esse eu garanto! (eu que montei a receita ;-) ) Testado, provado e aprovado!
Eu chamei esse bolo de bolo de nozes real, porque ele REALMENTE tem nozes em TUDO ;-) na massa do bolo e no recheio trufado/cobertura.

Rendimento: 1 bolo de aprox. 30cm x 12cm x 10cm, com 2 camadas de recheio.

Ingredientes

Para a massa

- 125g de manteiga (manteiga mesmo)
- 1 e 1/4 de xíc. de açúcar (250g)
- 1 pitada de sal
- 1 pacotinho de vanilina ( ~1/2 colh. (sobremesa))
- 3 ovos
- 1 e 1/4 de xíc. de farinha
- 1/2 pacotinho de fermento em pó químico (~1/2 colh. (sobremesa))
- 75ml de leite
- 100g de nozes de natal passadas no processador

Para o recheio/cobertura

- 1 lata de leite condensado
- 1 colh. (sopa) de manteiga
- 100g de nozes de natal passadas no processador
- 100g de chocolate branco triturado
- 200ml de creme de leite fresco (do líquido)

Para regar a massa

- mistura de 3 colh. (sopa) de recheio + a mesma quantidade de leite

Preparo

Para a massa
Bater na batedeira até formar um creme claro: manteiga + açúcar + sal + vanilina + os ovos inteiros juntados aos poucos 1 de cada vez.
Misture a farinha + fermento + nozes em uma farinha homogênea.
Junte o leite ao creme feito e misture com uma colher.
Vá colocando a mistura seca aos poucos mexendo com uma colher com cuidado até formar uma passa líquida-pastosa homogênea.
Coloque a massa em uma assadeira retangular média a grande, já coberta com papel manteiga untado.
Asse em forno a 180C até a massa ficar bronzeada e quando espetar um palito ele sair limpo.
Espere amornar, desenforme e corte a massa em 3 partes iguais, no sentido da largura.
Reserve.

Para o recheio/cobertura
Coloque o leite condensado + manteiga em uma panela e leve ao fogo médio-baixo mexendo sempre até começar a desgrudar do fundo.
Junte as nozes, misture rapidamente e desligue o fogo.
Junte os pedaços de chocolate e misture tudo até derreter e ficar bem misturado.
Espere amornar e junte o creme de leite fresco, mexendo bem para ficar um creme homogêneo.

Montagem
Regue os 3 pedaços de bolo com a mistura de 3 colh. (sopa) de recheio misturado com a mesma quantidade de leite.
Monte os pedaços de bolo intercalados com recheio e no final use o resto de recheio para cobrir todo o bolo por fora.
Deixe o bolo descansar para a massa ficar úmida.
PS: (eu particularmente prefiro cobrir o bolo com plástico-filme depois de pronto e deixar da noite para o dia na geladeira... fica muito mais gostoso!)
Pronto!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Receita de Kvass (Квас) - "Refri de Cerveja, Bebida de Rei"

Receita de Kvass (Квас) - "Refri de Cerveja, Bebida de Rei"

muito bom! testado, provado e aprovado!

O kvass é uma bebida gaseificada, escura, espumante e refrescante. Ele é feito a partir da fermentação do centeio, com açúcar e temperos aromáticos.
Na Ucrânia, Rússia e afins, você pode comprar kvass no supermercado (que já não são tão bons quanto os de antigamente), na sessão de refrigerantes, em feiras livres, na rua, feito em casa por seres mortais..rs.

                                          Fonte da imagem: privet.ru 

História do Kvass

Kvass - uma das melhores bebidas não-alcoólicas. Em sabor e qualidades nutricionais não há igual. Foi inventado há mais de mil anos, e continua popular até os dias de hoje. Na região eslava, a primeira menção escrita do kvass se refere ao ano 989, quando o Príncipe Vladimir de Kiev introduziu à população a cristandade.  "Nos anais da ocasião foi escrito - "Distribua ao povo comida, mel e kvass."
  Bacteriologistas, infectologistas e profissionais de saúde, questionam que o fermentado possui propriedades bactericidas. Em 1913, Sotnikov confirmou a morte de patógenos da febre tifóide e paratifóide na presença de Kvass. Se considerarmos que, em meio aos elementos-traço encontrados no kvass, temos mais de 10 aminoácidos e 8 deles são essenciais, então o valor do kvass se torna ainda mais significativo.  A quantidade de vitaminas no kvass a primeira vista não é muito grande, mas o seu consumo regular traz um efeito positivo.
Fonte da imagem: byaki.net

Uma bebida feita a base de  centeio e malte de cevada, não só tem grandes qualidades de sabor, mas revigora e normaliza os processos metabólicos do corpo. (É uma bebida probiótica).  Os efeitos no corpo são similares aos do kefir, Yakult, Activia e outros produtos lácteos probióticos contendo Lactobacillus acidophilus e Cia. Kvass, como qualquer outro produto de fermentação ácido-láctea, regula as atividades do trato gastrointestinal e evita o aparecimento de microorganismos nocivos, além de aumentar o tônus do corpo, melhorar o metabolismo e ter um efeito positivo no sistema cardiovascular. Essas propriedades curativas são explicadas pela presença do ácido lático, vitaminas, aminoácidos livres, vários açúcares e elementos-traço.
 Kvass ajuda o apetite e tem um valor nutricional alto. Não é a toa que muitos países ocidentais se interessaram pelas receitas do Kvass.
Em uma competição internacional que aconteceu em 1975 na Ioguslávia, um kvass (produzido em Moscou) conseguiu 18 pontos, enquanto que a bem-conhecida Coca-Cola ganhou só 9.8 pontos. Na região eslava, o kvass sempre foi muito apreciado. Ele era fermentado em monastérios e barracas de soldados, hospitais e paradas de viajantes. Em todas as casas, os métodos para se fazer kvass eram tão bem conhecidos como os métodos para se fazer pão.
                                         Fonte da imagem: slavyanskaya-kultura.ru

Os séculos de experiência mostram que o fermentado ajuda a manter a saúde e aumenta as capacidades físicas e mentais. Quando alguém ia fazer algum trabalho braçal, como fazer escavações, moer trigo, cortar lenha, ao invés de levar consigo alguma bebida à base de leite, frutas, eles sempre levavam kvass, porque eles acreditavam que o kvass reduzia a fadiga e dava refrescância. Essas propriedades do kvass foram confirmadas pelos cientistas. A introdução do extrato do malte à dieta de atletas obteve um efeito positivo, especialmente no tônus muscular. Então, bebida à base de extrato de malte permite aos atletas aumentar a performance física, combate a fadiga e aumenta os músculos.
A preparação do kvass em receitas antigas é um processo muito complexo, trabalhoso e demorado. Através do molho dos grãos, sua germinação e abafamento antes da secagem, moagem e cozimento, o procedimento é digno de mais de 70 dias. Mas hoje em dia se pode comprar kvass concentrado, o que torna as coisas muito mais fáceis. Vale a pena consumir o kvass tão frequentemente quanto o possível. 
Pode-se perceber o valor do kvass através dos provérbios e ditados. Aqui vão alguns deles:

"Квас, как хлеб, никогда не надоедает"- "Kvass é como pão, nunca se enjoa"
"И худой квас лучше хорошей воды"- "Um kvass mal-feito é melhor que água boa"
"Щи с мясом, а нет - так хлеб с квасом"-"Sopa de repolho e carne, se não tiver - então vai pão e kvass" "Кабы хлеб да квас, так и все у нас"- "Se tivermos pão e kvass, temos tudo o que precisamos"

Fonte da imagem: kachestvo.ru
 
Fermentar kvass era uma necessidade em todas as casas antigamente. Através da literatura é sabido que a arte de fazer um kvass delicioso, aromático e adocicado já era conhecida pelos eslavos orientais muito antes da formação do império kievo-russo. Artesãos fizeram muitas variedades de kvass. Até mesmo os mais básicos são difíceis de enumerar. A presença do kvass indicava o bem-estar da casa, da força e sustentabilidade da vida de quem morava ali. Já dizia o poema de Sergei Esenin chamado "Anna Snegina" onde ele escreve: "Todos tem janelas pintadas, carne e kvass nas férias". Pushkin expressou o valor do kvass: "Se fermenta tanto quanto o ar é necessário."

No século passado os russos não conseguiam viver sem kvass. Kvass era bebido durante o trabalho, depois do trabalho, antes e após as refeições (praticamente como o cafezinho brasileiro). Kvass era bebido todos os dias.

Mas vamos à receita que é o que interessa: para fazer 6 litros de Kvass:

Ingredientes

- 1 Kg de pão de centeio (pão preto)
- 6 litros de água fervente
- 30g de fermento biológico seco ou 1 e 1/2 tablete de fermento biológico fresco
- 125g de açúcar normal
- 125g de açúcar mascavo
- 50g de uvas-passa
- 5 ramos de menta/hortelã (opcional)
- 5 folhas de cassis-preto (opcional)
- 20 g de raíz forte picada (opcional)
- 5 colh. (sopa) de mel

Preparo

Corte o pão em palitos (como batata-frita).
Coloque espalhado numa assadeira e deixe no forno em fogo baixo até que vire uma torrada bem moreninha (mas não queime senão fica amargo).

Coloque as torradas no recipiente onde a bebida será fermentada (NÃO pode ser recipiente metálico).
Adicione 6 colh. (sopa) do açúcar, jogue toda a água fervente por cima e dê uma misturada (não esmague o pão).
Espere a mistura amornar até uma temperatura de ~37C.(se for muito quente o fermento morre)
Adicione o fermento biológico e misture.
Feche o recipiente e deixe descansar 2 dias em local morno à sombra.

Depois de ter descansado, abra o recipiente, peneire com um filó bem fininho para separar o líquido da massa fermentada. (reserve a massa fermentada)
Coloque o resto do açúcar e adicione os temperos.
Depois de uns minutos a reação já começa.

Misture bem, feche novamente e deixe descansar umas 8 horas (da noite para o dia, ou dia para a noite).
Abra o recipiente e engarrafe o kvass junto com os temperos e leve à geladeira.
Depois de gelado pode tomar!

PS: se tiver muito quente ou fermentar demais, ele pode virar cerveja. 
Normalmente, como o Kvass vem do processo de fermentação, ele vai ter em torno de 1-2% de teor alcoólico. Dentro da geladeira, o kvass dura até 4-5 dias (mas duvido que não acabe antes).
PS2: a massa fermentada que você coou, você pode colocar num potinho e guardar na geladeira.
Esse é o melhor fermento para se fazer kvass. Usa-se em maior quantidade que o fermento comum, mas a cada fermentação a massa do kvass produz uma bebida mais saborosa.
Se não for reutilizado, a cada 1 mês é preciso "alimentar" a sua massinha para ela não morrer. Coloque mais pãozinho picado e/ou um pouquinho de açúcar e misture.
Sua massinha viva é sua fonte eterna de kvass, e ela faz o kvass ficar pronto mais rápido! daí você só precisa fermentar 24h e ele já está pronto!
PRONTO!
Existem milhares de receitas e maneiras de fazer Kvass.
Aqui vou colocar um vídeo que mesmo que você não fale russo, vai ver mais uma maneira parecida de fazer Kvass !


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...